Como se livrar das dívidas




COMO SE LIVRAR DAS DÍVIDAS

dividasPara pagar dívidas rapidamente, basta ter pensamento positivo combinado com um plano de jogo tático.

De acordo com o site Daily Worth, isso pode soar como um conceito estranho, mas mantendo uma atitude positiva e celebrando seus sucessos, você vai descobrir que é mais fácil de pagar as suas dívidas e ainda alcançar suas outras metas financeiras.

Veja abaixo sete passos simples para equilibrar o orçamento:

1Contas dúvida– Reconheça suas dívidas
Muitas pessoas possuem dívidas, mas não as conhecem. Procure saber quais são as suas dívidas, o quanto você está devendo, qual é o tipo de dívida, quais são os juros cobrados e os pagamentos mensais mínimos.

contas

2- Não se envergonhe
Uma vez que você reconhece suas dívidas, um monte de emoções pode surgir: vergonha, culpa, arrependimento, raiva. Todas estas emoções são normais e você não precisa dar nenhum significado desnecessário à dívida que você tem. Escolha olhar para a dívida com neutralidade e como uma lição para aprender.

Ansiedade3- Concentre-se no presente
Concentrando-se no presente, você irá se libertar da ansiedade que gira em torno da dívida. Mantenha o foco para fazer o seu melhor para pagar as despesas de forma mais eficiente, além disso, certifique-se de que você está trazendo energia positiva no plano de redução da dívida.

 

Contas calculadora

4- Crie uma estratégia de jogo
Depois de avaliar as suas dívidas, é preciso determinar se você vai seguir o método avalanche ou método bola de neve para o seu plano de jogo redução da dívida. Com o plano bola de neve, você começa a pagar o mínimo em todos os débitos e alocar os pagamentos da dívida adicionais para a dívida com o menor saldo; este método permite a gratificação imediata, motivando a continuar trabalhando para pagar as suas dívidas, mas como a dívida com o menor saldo pode não ser necessariamente o que tem a menor taxa de juros.

Check5- Veja o quanto você pode pagar
Olhe para suas receitas e despesas mensais e decida quanto dinheiro você pode realmente separar para realizar os pagamentos das dívidas. Se você achar que você está aquém, então você terá que cortar despesas ou ganhar mais dinheiro.

6- Lembre-se que é temporário
Nada na vida é permanente, ou seja, a dívida que você tem é temporária e pode ser eliminada com mentalidade positiva e estratégia.

 

Porquinho

7- Celebre cada passo

Como você trabalha para pagar as suas dívidas, lembre-se de celebrar cada passo ao longo do caminho. Você pode comemorar cada vez que você terminar de pagar uma parcela, por exemplo. Encontre formas de reconhecer o seu trabalho duro e manter-se motivado ao longo do caminho. Você deve fazer um planejamento detalhado do seus gastos como ensinado no e-book “Como controlar seu orçamento doméstico” que você pode baixar aqui gratuitamente para melhorar sua estabilidade financeira.

DIVIDAS PODE AFETAR SUA SAÚDE

Quem está com o nome sujo na praça sabe como a situação pode ser estressante. O desgaste é tanto que chega afetar diretamente a saúde do endividado. Certamente você conhece alguém que já perdeu pelo menos uma noite de sono por culpa das dívidas. Quem deve sabe que é impossível esquecer, mesmo porque os credores não deixam.

De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, alguém que está lidando com montanhas de débitos pode se tornar mais vulnerável a problemas de saúde. O estudo apontou que úlcera, depressão severa e até ataques cardíacos estão ligados ao endividamento.

COMO AFETA A SAÚDE

Pessoas que estão no vermelho tendem a ser mais estressadas e o estresse está ligado a inúmeros problemas de saúde. A difícil situação econômica mundial aumenta o custo de vida o que resulta em insatisfação e preocupação acima do nível suportado pela maioria das pessoas.

QUAIS OS PROBLEMAS MAIS COMUM

problemas-saudeÉ longa a lista de doenças que podem ser desenvolvidas a partir de questões financeiras. Ansiedade, úlceras e outros problemas no sistema digestivo, dores de cabeça e tensão muscular estão relacionadas ao alto índice de estresse gerado pelo endividamento. Dificuldade para se concentrar, alterações cardíacas, baixa autoestima, problemas para dormir e até depressão grave também podem estar ligadas ao saldo bancário.

ENCARANDO O PROBLEMA

problemaSe você vive endividada ou com problemas financeiros, tente tratar esta situação como se fosse uma doença. Procure conhecer melhor os seus hábitos de compra, distribuir de forma mais eficiente sua renda mensal e principalmente cuidar da sua autoestima.

Manter-se motivada no trabalho, acreditar na sua capacidade profissional e tomar iniciativas são ótima maneiras de lidar com o problema, porém evitar agir antes de planejar e estudar a situação é mais importante.Por isso aconselho você tomar uma atitude corajosa e investir numa fonte de renda alternativa,como trabalhar em casa na horas de folga.E uma boa pedida é trabalhar pela internet e gerar ganhos capazes de tirar você dessa situação,como por exemplo “Trabalhar pela internet agora” que ensina a iniciar essa nova empreitada de maneira certa e honesta,com ganhos crescentes ao longo do tempo.Ou trabalhar como afiliado de produtos pela internet e ganhar ótimas comissões por venda.Recomendo explorar esse website e ler todos seus artigos e conhecer as dicas para obter renda extra sem grandes investimentos e sem experiência.Você terá o prazer de ver sua conta bancária aumentar cada vez mais.

Baixe o e-book gratuito que vai te ajudar a controlar suas despesas e melhorar seu crédito fazendo um planejamento do seu gasto doméstico. Basta clicar no botão abaixo.



vianello

Julio Vianello é empreendedor digital desde 2013. Acredita que o marketing digital é um mercado em expansão e seu objetivo é ajudar as pessoas a ter seu espaço no mundo digital através de um negócio próprio e rentável.

Website: http://www.virtualsucesso.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *