Falta de visão no futuro impede de mudar sua qualidade de vida



FALTA DE VISÃO NO FUTURO IMPEDE DE MUDAR SUA QUALIDADE DE VIDA

Há muito tempo notamos o que pode se chamar de “falta de visão no futuro impete de mudar sua qualidade de vida”.

Pessoas sem nenhum propósito de vida e com medo de se perguntarem por que fazem o que fazem.

Não se preocupam em tentar novas perspectivas de um futuro com estabilidade financeira como outras formas de rendimento para sua manutenção e bem estar social.

As oportunidades estão por aí a disposição, o que falta é ter a coragem para empreender e pensar fora da caixa, ter coragem de enfrentar o que é novo.

Gente que existe, sobrevive, mas não vive.

AS FORMAS DE TRABALHO EVOLUÍRAM

As formas populares de rentabilizar o sustento do ser humano pelo trabalho evoluiu com o passar do tempo.

“Nesse longo período passamos de carniceiros e trituradores de sementes e raízes a domesticadores de animais”, diz o arqueólogo Renato Kipnis, da Universidade de São Paulo (USP).

Entre 40 e 20 mil anos atrás o homem tratou de desenvolver novas estratégias de sobrevivência, como o consumo de animais mais fáceis de se obter (coelhos, peixes e crustáceos).

Trabalho racional

Mas as caçadas só começariam a perder de fato sua importância 10 mil anos depois, quando teve início a domesticação de alguns animais.

Era o que faltava para tornar menos árdua a tarefa de nossos ancestrais para garantir seu sustento e sobrevivência.

Dos últimos 10 mil anos até os dias de hoje, o homem mantem sua subsistência trabalhando para um pequeno grupo de pessoas (considerando a população mundial) a custa de um salário determinado.

A mudança radical

Imagino que ainda nesse século essa concepção de trabalho deve mudar radicalmente.

Pois percebemos que a nova tendencia para o sustento e sobrevivência humana terá origem dos meios virtuais como o uso das redes sociais através da internet.

Não será mais necessário se deslocar para as instalações do trabalho e ficar horas e horas trabalhando em espaços limitados dentro das instalações das empresas.

MUDAR SUA QUALIDADE DE VIDA

Mudar sua qualidade de vida hoje depende do que você quer para seu futuro.

Se pretende ter uma vida com mais estabilidade financeira você precisa começar a construir seu futuro agora.

Como todos sabem, dinheiro não cai do céu nem dá em árvore.

Construir um futuro estável se adquiri conforme as estratégias construídas ao longo da vida.

Portanto, não perca tempo, comece já plantando boas sementes e colha seus frutos num futuro próximo.

Essa máxima é aplicada em toda e qualquer situação no decorrer de nossa existência, a vida é assim.

Tendencia de trabalho no futuro

Nesse início de século os meios de trabalho do futuro apontam aos serviços feito na sua própria casa utilizando apenas um computador conectado a internet.

Isso permitirá que as pessoas tenham mais tempo livre e liberdade de fazer seu próprio horário de trabalho.

Existe um leque de opções de trabalho com boa rentabilidade pela internet, uma dessas opções é criar e monetizar um blog com conteúdo interessante pela maioria dos internautas leitores.

Muitas alternativas

Outras alternativas de ganhar dinheiro online além de blog são: trabalho como afiliado, importação de produtos físicos, aplicativos, comércio eletrônico, produção de vídeos, etc.

Aqui no blog Virtual Sucesso você encontra muitas maneiras de ganhar dinheiro pela internet, explore esse blog e encontre um empreendimento ideal para você com baixo investimento.

Se não usar as estratégias corretas hoje, fatalmente  você sucumbirá ao fracasso.

Sendo assim, é importante que tenha um treinamento eficiente para aprender a trabalhar pela internet de forma honesta sem medo de errar.

GRANA E PROBLEMAS

Escrevo muitos artigos sobre isso há meses e fiquei surpreso com a quantidade de pessoas que se interessaram pelo assunto “Ganhar dinheiro

Pensando bem, não deveria me surpreender.

Esse problema é tão antigo quanto a antiguidade é antiga…

O vazio existencial era um problema há mil anos e, sinceramente, não vejo como mudará nos próximos mil.

Ele dá muita grana e problemas que dão muita grana dificilmente são resolvidos. Não que eu acredite que o dinheiro possa resolver isso…

O problema está em nós 

Uma empresa é das maneiras que inventamos de criar coisas que sozinhos não conseguiríamos.

Porém, nem sempre essas coisas realmente importam para algo além de preencher os nossos vazios existências.

O problema não está nas coisas, mas sim na gente. As coisas são as coisas.

É você quem as consome em excesso como se não houvesse amanhã.

Faz assim porque quer. A indústria do vazio existencial não precisa fazer tanto esforço para te convencer, apenas sugerir.

Está triste? Encha a cara! Está estressado? Coma alguma gordice! Não sabe o que fazer da vida? Abra um site de memes!

Precisamos disso?

Precisaríamos dessas coisas na quantidade em que são consumidas?

Os problemas de hoje vieram das soluções de ontem.

Chocolate engorda? Não, quem engorda é você. (autor anônimo)

Por que eu não acredito que isso possa mudar?

Natureza humana, simples assim.

Não é por menos que os maiores índices de suicídio são dos países com as melhores condições de vida.

Caso tenha dúvida, confira o estudo “Dark Contrasts: The Paradox of High Rates of Suicide in Happy Places” de 2011.

A gratidão

Para não dizer que sou um pessimista, o que estou longe de ser, tem três empreendimentos que me encantaram nos últimos tempos.

Todos eles com um elemento em especial – a gratidão.

O primeiro é a TOMS, uma empresa de vestuário que dá um calçado para pessoas carentes a cada item comprado.

Outro é a Reserva, também de vestuário, que dá cinco pratos de comida a cada peça de roupa comprada (1p=5p).

Diferente dos dois, tem ainda a Decimo Roasters que é de um brasileiro que vive nos EUA e doa 10% das vendas de cafés torrados para organizações sem fins lucrativos.

Ela e os outros dois exemplos anteriores encontraram um propósito que vai além do lucro e do crescimento da empresa.

Foque no que não muda

Parece que o manual da vida foi perdido.

Estamos vivendo mais anos devido aos avanços tecnológicos, mas não sabemos o que fazer com isso.

Aquele jeito de viver dos nossos pais e avós não faz mais tanto sentido.

“Se você tiver uma formação, terá um emprego”, diziam antigamente.

Como falam absurdos a geração que acredita em previdência privada, caderneta de poupança e título de capitalização.

Como fazemos um plano de vida se não sabemos o que virá?

Gosto de uma frase do Jeff Bezos, “foque naquilo que não mudará”.

Acredito que esse seja o jeito de se viver atualmente.

O que não mudará?

Você precisa ter um corpo e uma mente saudável, bons relacionamentos, essas coisas básicas. Sobre o resto, não bote tanta fé assim.

O que fazer para mudar

Você vive para pagar contas? Provavelmente sim.

A maioria é assim. Mas, o que você pode fazer para mudar isso agora?

Uma dica: pense o que preenche aquele seu vazio existencial sem detonar a sua saúde.

A resposta está aí. Apenas você conseguirá responder.

Detesto não trazer uma solução, mas dessa vez não consigo fazer muito além de te deixar refletindo.

A vida que merece ser vivida só será vivida se você encontrar as suas próprias respostas. Faça enquanto não é tarde…

Refilta sobre isso.

NOTAS:

Gostou do artigo?

Terei prazer em saber o que você pensa desse assunto. Deixe seu comentário.

Cadastre-se na minha lista VIP e seja informado sobre novos artigos.

Conheça mais informações no Facebook, Youtube e Linkedin.

Fonte de pesquisa: Mundo estranho, RobsonCristian

vianello

Julio Vianello é empreendedor digital desde 2013. Acredita que o marketing digital é um mercado em expansão e seu objetivo é ajudar as pessoas a ter seu espaço no mundo digital através de um negócio próprio e rentável.

Website: http://www.virtualsucesso.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *